terça-feira, 20 de outubro de 2015

OUTUBRO ROSA

 Exame de sangue pode descobrir câncer de mama com 5 anos de antecedência


O câncer de mama mata mais de meio milhão de mulheres todos os anos e um dos principais fatores que causam o óbito é o diagnóstico tardio da doença, que torna a cura mais difícil. Mas no que depender de pesquisadores da Universidade de Copenhagen, na Dinamarca, isso está prestes a mudar.

Hoje, além do auto-exame preventivo, as mulheres podem identificar os primeiros sinais do câncer por meio de mamografias e exames de ultrassom. Contudo, além de serem exames caros e que dificilmente estão disponível à população menos abastada, esses métodos não garantem precisão de 100%. Há nada menos que vinte anos, esses pesquisadores vêm buscando uma forma de identificar no sangue mudanças que estejam relacionadas à presença do câncer no organismo. E a boa notícia é que eles conseguiram.


Segunda essa pesquisa dinamarquesa, além de descobrir sobre a doença,o exame é ainda mais preciso que uma mamografia: pode prever até 5 anos antes do câncer se desenvolver e ainda tem um nível de precisão de 80%,enquanto quer os exames de mamografia são de 75% e só depois que a pessoa já desenvolveu a doença.

A descoberta desses pesquisadores se deve ao desejo de quererem encontrar uma melhor opção para o rastreamento do câncer de mama que não só fosse mais preciso, mas também resolvesse o problema de falsos positivos que tem assombrado a mamografia há anos.

No ano passado, um estudo envolvendo 13.000 mulheres descobriu que o rastreio através de mamografia perde mais de 2.000 casos de câncer de mama por ano só no Reino Unido, enquanto falsamente alertava outras mulheres sobre a doença.

Para testar a eficácia do novo exame de sangue, os pesquisadores dinamarqueses observaram 57.000 participantes ao longo de 20 anos, recolhendo amostras de sangue ao longo do caminho. Ao final, 800 mulheres foram divididas em dois grupos: aquelas que permaneceram saudáveis durante todo o processo, e aquelas que desenvolveram câncer de mama no prazo de sete anos depois da primeira amostra de sangue –  as suas amostras de sangue foram comparadas e os seus perfis metabólicos construídos.
exame de sangue pode descobrir câncer de mama

Os pesquisadores foram capazes de prever, com precisão de 80%, os pacientes que seriam afetados pela doença, só de olhar para os perfis metabólicos construídos a partir de amostras de sangue dos participantes. Claro que a precisão de 100% é sempre melhor, mas a grande vantagem deste teste é que dá as mulheres em risco um avanço no combate à doença.

A detecção precoce é fundamental para o câncer de mama – se você descobri-lo no estágio 2, você tem de 93 a 100% de chance de sobreviver à doença, que cai para 72% no estágio 3, e para 22% na fase 4. Através da construção de um perfil metabólico para cada paciente que se submete ao teste, o potencial está lá para prever toda uma série de outras doenças também.
                                                  201-istock-000004609939xsmall-s-
Essa é a função do exame de sangue: ajudar a prevenir futuros possíveis cânceres de mama, tornando o combate e sobrevivência para cada mulher próximo de 100%. Boa notícia para o outubro rosa, hein?


Bibliografia:
http://awebic.com/saude/exame-de-sangue-pode-ser-o-futuro-no-diagnostico-de-cancer-de-mama/
http://www.hypeness.com.br/2015/10/novo-exame-de-sangue-poderia-detectar-cancer-de-mama-com-antecedencia-e-ser-mais-eficaz-que-mamografia/

Sem comentários:

Publicar um comentário